O PIB (Produto Interno Bruto) do agronegócio brasileiro em 2014 foi de R$ 1,13 trilhão. Impulsionado pela forte produção local, a região Centro-Oeste do país cresceu 3,6%, enquanto o país como um todo ficou em 0,1%.

Com o crescimento, vem o potencial de consumo, o que faz com que Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal sejam responsáveis pela recente alta das vendas dos Distribuidores de TI no Brasil, que viu a movimento de negócios na região crescer 40% em 12 meses (De 5% sobre o faturamento do setor em 2013 para 7% em 2014).

Os dados levantados pelo 5ª Pesquisa Inédita Setorial dos Distribuidores de TI e o 4º Censo de Revendas, da Associação Brasileira dos Distribuidores de Tecnologia da Informação (ABRADISTI), encomendado junto ao IT Data como balanço de 2014, colocam a região Centro-Oeste no foco dos negócios, já que representou aproximadamente R$ 900 milhões em receitas de vendas.

Esses números, então, nos dão perspectivas de que, pelo menos para os próximos três anos, o Centro-Oeste continuará crescendo e, com isso, as demandas por equipamentos de tecnologia e informática também crescerão bem acima da média nacional, que ficou em 1,3%, frente aos 3,6% da região.

 

Fonte: Distribuidores & Mercados